Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Bruxelas apresenta estratégia contra notícias falsas

Bruxelas apresenta estratégia contra notícias falsas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia pretende pedir relatórios mensais sobre campanhas de desinformação às plataformas digitais, tais como Facebook, Google e Twitter.

Devemos unir forças para proteger as nossas democracias contra a desinformação

Andrus Ansip Vice-presidente da Comissão Europeia

Esta é uma das medidas de um plano de ação apresentado, quarta-feira, que inclui mais financiamento para a agência europeia que investiga notícias falsas e para criar um "sistema de alerta rápido" nos Estados-membros.

O executivo comunitário explicou que se trata de um plano essencial quando faltam cerca de seis meses para as eleições europeias.

"Temos visto tentativas de interferir em eleições e referendos, com evidências que apontam para a Rússia como uma das principais fontes dessas campanhas. Devemos unir forças para proteger as nossas democracias contra a desinformação", disse Andrus Ansip, vice-presidente da Comissão Europeia com a pasta do Mercado Digital Único.

A Comissão anunciou que o orçamento de uma unidade especializada encarregada de combater a desinformação vai aumentar para mais do dobro, em 2019, atingindo os cinco milhões de euros.