Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Socialistas europeus debatem estratégias a pensar nas eleições do próximo ano

Socialistas europeus debatem estratégias a pensar nas eleições do próximo ano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os socialistas europeus aprenderam lições com o passado recente.

"É importante combater a desinformação e isto é a lição que retiramos do Brexit"

Marije Laffeber Vice secretária-geral, PES

Após o referendo britânico do Brexit e as eleições norte-americanas, a ameaça das notícias falsas colocou as forças progressistas em estado de alerta.

Em Lisboa, o partido montou uma operação para ensinar os ativistas a combater a desinformação. Marije Laffeber afirma que é chegada a altura de ser mais afirmativo na comunicação.

"O que pensamos que é muito importante é que precisamos falar dos conteúdos; mas também precisamos falar sobre factos: o que é suposição e o que é verdade. É importante combater a desinformação e isto é a lição que retiramos do Brexit", diz Marije Laffeber, vice secretária-geral, PES.

O partido tem que encontrar novas formas de apresentar a sua agenda progressiva.
Virginia Ramos foi gestora de campanha de Alexandria Ocasio-Cortez, a mais jovem mulher eleita para o Congresso pelos democratas nos Estados Unidos. Ela sugere uma nova abordagem:

"Continuo a ouvir falar muito de partidos em vez de pessoas. Quanto mais os eleitores virem que o que é importante são as pessoas e o que acontece nas suas vidas, é preciso trabalhar com elas para encontrarmos soluções. Penso que é isso que faz mudar", responde a gestora de campanha política, Virginia Ramos Rios.

A jornalista da euronews, Elena Cavallone, encontra-se em Lisboa a acompanhar os trabalhos.

As sondagens sugerem que os socialistas vão perder terreno nas próximas eleições europeias. O desafio é reconquistar a confiança da base eleitoral histórica que sente que foi abandonada. Não é por acaso que o Congresso dos Socialistas Europeus tem lugar em Portugal, país cujo governo socialista mantém um nível elevado de apoio e representa uma exceção à tendência europeia.

A receita política portuguesa poderá acabar por servir de inspiração à estratégia socialista para os próximos meses.