Última hora

Última hora

Socialistas europeus debatem estratégias a pensar nas eleições do próximo ano

Em leitura:

Socialistas europeus debatem estratégias a pensar nas eleições do próximo ano

Socialistas europeus debatem estratégias a pensar nas eleições do próximo ano
Tamanho do texto Aa Aa

Os socialistas europeus aprenderam lições com o passado recente.

"É importante combater a desinformação e isto é a lição que retiramos do Brexit"

Marije Laffeber Vice secretária-geral, PES

Após o referendo britânico do Brexit e as eleições norte-americanas, a ameaça das notícias falsas colocou as forças progressistas em estado de alerta.

Em Lisboa, o partido montou uma operação para ensinar os ativistas a combater a desinformação. Marije Laffeber afirma que é chegada a altura de ser mais afirmativo na comunicação.

"O que pensamos que é muito importante é que precisamos falar dos conteúdos; mas também precisamos falar sobre factos: o que é suposição e o que é verdade. É importante combater a desinformação e isto é a lição que retiramos do Brexit", diz Marije Laffeber, vice secretária-geral, PES.

O partido tem que encontrar novas formas de apresentar a sua agenda progressiva.
Virginia Ramos foi gestora de campanha de Alexandria Ocasio-Cortez, a mais jovem mulher eleita para o Congresso pelos democratas nos Estados Unidos. Ela sugere uma nova abordagem:

"Continuo a ouvir falar muito de partidos em vez de pessoas. Quanto mais os eleitores virem que o que é importante são as pessoas e o que acontece nas suas vidas, é preciso trabalhar com elas para encontrarmos soluções. Penso que é isso que faz mudar", responde a gestora de campanha política, Virginia Ramos Rios.

A jornalista da euronews, Elena Cavallone, encontra-se em Lisboa a acompanhar os trabalhos.

As sondagens sugerem que os socialistas vão perder terreno nas próximas eleições europeias. O desafio é reconquistar a confiança da base eleitoral histórica que sente que foi abandonada. Não é por acaso que o Congresso dos Socialistas Europeus tem lugar em Portugal, país cujo governo socialista mantém um nível elevado de apoio e representa uma exceção à tendência europeia.

A receita política portuguesa poderá acabar por servir de inspiração à estratégia socialista para os próximos meses.