A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Eleições antecipadas na Arménia

Eleições antecipadas na Arménia
Direitos de autor
REUTERS/Vahram Baghdasaryan
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Arménia foi às urnas neste domingo para eleger um novo Parlamento. Estas eleições antecipadas foram provocadas por Nikol Pashinian que chegou ao poder em maio passado, após liderar manifestações contra o governo anterior.

O antigo jornalista espera conseguir maioria e reforçar o poder. Nove partidos e duas alianças eleitorais batem-se pelos 101 lugares no Parlamento arménio.

"Estamos conscientes da atmosfera única em torno destas eleições, no entanto, temos de ser apartidários, absolutamente independentes. Portanto, não podemos ser influenciados por simpatias políticas", disse a chefe da comissão de observadores eleitorais, Urszula Gacek.

Os primeiros resultados oficiais devem começar a ser anunciados esta segunda-feira de manhã.