Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Emigração portuguesa cai pelo quarto ano consecutivo

Emigração portuguesa cai pelo quarto ano consecutivo
Direitos de autor
REUTERS/Rafael Marchante/arquivo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo quarto ano consecutivo, o número de portugueses a emigrar está em queda. Segundo os dados publicados no Relatório da Emigração, cerca de 90 mil portugueses foram viver para o estrangeiro em 2017, menos 10 mil do que em 2016.

Como principais fatores para a "tendência de descida sustentada", o Observatório da Emigração aponta a "a retoma da economia portuguesa", a "descida do desemprego" e a "revitalização do mercado de trabalho".

A redução na emigração regista-se desde 2013, quando 120 mil portugueses deixaram o país, maior valor desde o início do século.

Na Europa, o Reino Unido continua a ser o principal destino, mas com uma queda de 26 por cento em relação a 2016, evidenciando os efeitos do "Brexit". Espanha é o único país a contrariar a tendência, registando um aumento constante no número de emigrantes portugueses desde 2014.

Sem surpresas, França continua a ser o país com mais emigrantes nascidos em Portugal.

Angola lidera a lista dos países de destino em África, bem como de língua oficial portuguesa, embora com uma forte queda - da ordem dos 24 por cento - entre 2016 e 2017.