Última hora

Última hora

Aeroporto de Gatwick reabriu depois de incidente com drones

Aeroporto de Gatwick reabriu depois de incidente com drones
@ Copyright :
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

O aeroporto de Gatwick reabriu depois do incidente provocado pela presença de drones que afetou, aproximadamente, 120 mil pessoas. Os voos estão a ser retomados lentamente. No entanto, as companhias aéreas avisam que pode haver alguns atrasos ou mesmo cancelamento de ligações.

"A polícia está a seguir uma série de pistas, mas não sabemos se se trata de um único indivíduo ou de uma espécie de grupo, pode ser um grupo ambientalista embora ninguém tenha reivindicado a responsabilidade. Não vamos saber até que a polícia termine as investigações", adiantou o ministro dos transportes do Reino Unido, Chris Grayling.

Segundo a polícia, não se tratou de um ato terrorista, mas sim de uma ação de perturbação deliberada.

"Vou conversar com outros aeroportos, para que possamos ter certeza que todos sabem exatamente o que aconteceu em Gatwick, para atenuar o sucedido. A partir daí, podemos começar a implementar uma estratégia para o futuro, para garantir que isto não aconteça novamente", acrescenta Chris Grayling.

O aeroporto de Gatwick reabriu na manhã desta sexta-feira - o tráfego aéreo esteve suspenso durante mais 24 horas. Foram destacados militares para o aeroporto para ajudar as autoridades a travar a presença dos drones. As investigações para apurar as responsabilidades continuam.