Última hora

Bahrein: Confirmada a pena de cinco anos de prisão para Nabeel Rajab

Bahrein: Confirmada a pena de cinco anos de prisão para Nabeel Rajab
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal do Bahrein confirmou a pena de cinco anos de prisão para o ativista dos Dreitos Humanos, Nabeel Rajab, ao rejeitar o recurso apresentado pela defesa.

Rajab, que dirige o Centro para os Direitos Humanos do Bahrein, foi condenado, em fevereiro de 2018, pela publicação de tweets onde criticava a atuação no Iémen da coligação liderada pela Arábia Saudita e denunciava a tortura de prisioneiros no Bahrein.

O ativista esteve entre os líderes dos protestos pró-democracia, que abanaram o país em 2011, no âmbito dos movimentos da Primavera Árabe e, desde aí, tem estado na mira das autoridades.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.