A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Porta-voz do Vaticano pede demissão

Porta-voz do Vaticano pede demissão
Direitos de autor
REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O porta-voz do Vaticano e a Vice-~Diretora do gabinete de imprensa pediram demissão esta segunda-feira.

A informação foi avançada, em comunicado, pela sede da Igreja Católica.

O texto não revela as razões da decisão do norte-americano Greg Burke e da espanhola Paloma Garcia Ovejero. Indica apenas que o Papa aceitou as demissões, que acontecem semanas após a nomeação do jornalista italiano Andrea Tornielli como diretor editorial das comunicações do Vaticano.

Na conta do Twitter, Greg Burke escreveu que "Neste tempo de transição acredita que é melhor para o Papa Francisco ser completamente livre de constituir uma nova equipa".

Burke é membro da Opus Dei e tinha sido nomeado em julho de 2016.

Paloma García Ovejero foi a primeira mulher a ocupar a vice-direção do serviço de Imprensa do Vaticano.