Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Brasil: Novo ano, novo presidente

Brasil: Novo ano, novo presidente
Tamanho do texto Aa Aa

O Brasil parou neste primeiro dia do ano para ver Jair Bolsonaro a tornar-se o novo presidente do Brasil.

Jair Bolsonaro iniciou o seu discurso no Congresso Nacional com o habitual agradecimento a Deus, fazendo referência ao regresso à casa "que serviu" durante 28 anos.

"Volto a esta casa como presidente, mandato a mim confiado pela vontade soberana do povo brasileiro", disse. "Hoje estou aqui fortalecido, emocionado e profundamente agradecido a Deus e aos brasileiros que me confiaram a honrosa missão neste período de grandes desafios e enorme esperança".

O novo presidente brasileiro prometeu, também, combater a criminalidade e a corrupção.

"A irresponsabilidade conduziu-nos a uma crise ética e económica. Hoje, o Brasil inicia um novo capítulo da sua história", disse. "Trabalharei incansavelmente para que o Brasil se encontre com o seu destino", disse, perante milhares de pessoas.

Depois de prestar juramento no Congresso Nacional, Bolsonaro desfilou com a sua mulher, Michelle Bolsonaro, a primeira-dama do Brasil, até ao Palácio do Planalto, onde, das mãos de Michel Temer, recebeu a facha presidencial que vai carregar pelo menos até 2023.

Reuters
Jair Bolsonaro e Michel TemerReuters

No discurso, Bolsonaro não fugiu às ideias da campanha eleitoral.

"Temos o grande desafio de enfrentar os efeitos da crise económica, do desemprego recorde, da ideologização das nossas crianças, do desvirtuamento dos direitos humanos e da desconstrução da família. Vamos propor implementar as reformas necessárias, ampliar infraestruturas, desburocratizar, simplificar, tirar a desconfiança e o peso do governo sobre quem trabalha e quem produz.", disse o presidente do país.

Brasil mais internacional

A cerimónia foi assistida, ao vivo, por muitos líderes mundiais. Viktor Orban, o primeiro-ministro húngaro, Mike Pompeo, Secretário de Estado dos Estados Unidos, e, como não poderia deixar de ser, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, o qual também esteve lado a lado ao "recém-amigo" brasileiro, Jair Bolsonaro.

Galeria de Fotos

Reuters
Congresso Nacional BrasileiroReuters
Reuters
Jair Bolsonaro e o presidente português, Marcelo Rebelo de SousaReuters
Reuters
Jair BolsonaroReuters
Reuters
Palácio do Planalto com milhares de pessoas, BrasilReuters
Reuters
Reuters
Apoiantes de BolsonaroReuters
Reuters
Brasileiros a assistirem à tomada de posseReuters
Reuters
Jair e Michelle BolsonaroReuters
Reuters
Jair e Michelle BolsonaroReuters
Reuters
Jair e Michelle BolsonaroReuters
Reuters
Jair e Michelle BolsonaroReuters
Reuters
Michel e Marcela Temer recebem Jair e Michelle Bolsonaro no Palácio do PlanaltoReuters
Reuters
Michelle e Jair BolsonaroReuters
Reuters