Última hora

"Mudar a embaixada brasileira para Jerusalém é uma questão de tempo"

"Mudar a embaixada brasileira para Jerusalém é uma questão de tempo"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A mudança da embaixada brasileira de Telavive para Jerusalém já é tema há vários meses, um passo que Bolsonaro disse querer dar, tal como fez Donald Trump nos EUA.

Depois da visita a Israel e do encontro entre Bolsonaro e Benjamin Netanyahu, chega, agora, a confirmação da vontade da mudança, de uma forma mais real: pela boca do próprio governo de Israel.

"Esta é uma parceria que está para acontecer e vai acontecer, aliás, como o Senhor Bolsonaro me disse, esta mudança vai acontecer muito rapidamente", admitiu o primeiro-ministro israelita. "Bolsonaro disse-me que vai transferir a embaixada para Jerusalém, e que essa mudança é apenas uma questão de tempo. O presidente dos EUA disse a mesma coisa e fê-lo, e Bolsonaro também o vai fazer.", concluiu o primeiro-ministro israelita.

É tudo uma questão de tempo para as mudanças políticas de Bolsonaro, uma questão de tempo é também a tomada de posse do novo eleito presidente do Brasil.

Reuters
Militares em BrasíliaReuters

A cerimónia de tomada de posse é já no primeiro dia de 2019 e, quem passa por Brasília, a capital do país, percebe pelas ruas que está tudo pronto.

Foram destacados 3 200 militares para a cerimónia. Segurança que nunca é demais para o governo eleito, desde o ataque com faca que internou Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral.

Na cerimónia vão estar presentes vários chefes de estado, incluindo o primeiro-ministro israelita, o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa e Viktor Orban, primeiro-ministro da Hungria.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.