Última hora
This content is not available in your region

Netanyahu vai ficar no Brasil para tomada de posse de Jair Bolsonaro

euronews_icons_loading
Netanyahu vai ficar no Brasil para tomada de posse de Jair Bolsonaro
Tamanho do texto Aa Aa

Benjamin Netanyahu viajou hoje para o Brasil para se encontrar com Jair Bolsonaro e deve mesmo ficar para a tomada de posse do novo presidente brasileiro.

Após notícias contraditórias nos últimos dias, a embaixada de Israel no Brasil confirmou a permanência do primeiro-ministro até quarta-feira.

É mais um sinal de aproximação na relação entre os dois países, sendo esta a primeira visita de um primeiro-ministro israelita em exercício ao Brasil desde a fundação de Israel em 1948.

"O Brasil é quinto pais mais populoso do mundo, uma grande nação com um enorme potencial ao nível da economia, segurança e diplomacia. O anúncio da alteração da embaixada para Jerusalém pelo presidente Bolsonaro é uma grande mudança e estou satisfeito por podermos iniciar uma nova era entre Israel e uma potência como o Brasil", afirmou.

Jair Bolsonaro iniciou a aproximação a Israel ainda durante a campanha eleitoral. O passo decisivo já depois da vitória nas eleições de outubro, quando anunciou a transferência da embaixada brasileia para Jerusalém.

Já na noite desta quinta-feira, o futuro líder do Palácio do Planalto, em Brasília, exultou com a presença do representante israelita e destacou as áreas em que pretende reforçar a cooperação entre os dois países.

"Israel é referência mundial em tecnologia para diversos serviços e isso nos interessa. Não há razão para criticar o diálogo, muito menos quando a crítica vem de quem nada fez, só destruiu e roubou o país. Queremos o melhor para o Brasil e para a população brasileira", referiu numa publicação na rede social Twitter.

Jair Bolsonaro toma posse como presidente do Brasil na próxima terça-feira.