Última hora

Última hora

Netanyahu vai ficar no Brasil para tomada de posse de Jair Bolsonaro

Netanyahu vai ficar no Brasil para tomada de posse de Jair Bolsonaro
Tamanho do texto Aa Aa

Benjamin Netanyahu viajou hoje para o Brasil para se encontrar com Jair Bolsonaro e deve mesmo ficar para a tomada de posse do novo presidente brasileiro.

Após notícias contraditórias nos últimos dias, a embaixada de Israel no Brasil confirmou a permanência do primeiro-ministro até quarta-feira.

É mais um sinal de aproximação na relação entre os dois países, sendo esta a primeira visita de um primeiro-ministro israelita em exercício ao Brasil desde a fundação de Israel em 1948.

"O Brasil é quinto pais mais populoso do mundo, uma grande nação com um enorme potencial ao nível da economia, segurança e diplomacia. O anúncio da alteração da embaixada para Jerusalém pelo presidente Bolsonaro é uma grande mudança e estou satisfeito por podermos iniciar uma nova era entre Israel e uma potência como o Brasil", afirmou.

Jair Bolsonaro iniciou a aproximação a Israel ainda durante a campanha eleitoral. O passo decisivo já depois da vitória nas eleições de outubro, quando anunciou a transferência da embaixada brasileia para Jerusalém.

Já na noite desta quinta-feira, o futuro líder do Palácio do Planalto, em Brasília, exultou com a presença do representante israelita e destacou as áreas em que pretende reforçar a cooperação entre os dois países.

"Israel é referência mundial em tecnologia para diversos serviços e isso nos interessa. Não há razão para criticar o diálogo, muito menos quando a crítica vem de quem nada fez, só destruiu e roubou o país. Queremos o melhor para o Brasil e para a população brasileira", referiu numa publicação na rede social Twitter.

Jair Bolsonaro toma posse como presidente do Brasil na próxima terça-feira.