EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

As primeiras medidas de Jair Bolsonaro

As primeiras medidas de Jair Bolsonaro
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Novo presidente brasileiro aumenta salário mínimo, mas menos que o previsto, e retira à comunidade indígena o direito de delimitar as suas terras

PUBLICIDADE

Um aumento de 5,45% para 998 reais, ou qualquer coisa como 230 euros. O primeiro ato legislativo de Jair Bolsonaro passou pelo aumento do salário mínimo mas contrariamente ao que estava previsto no orçamento de Michel Temer para 2019, não foi ultrapassada a barreira dos 1000 reais. Um aumento aquém das expectativas, justificado pelo facto da inflação também ter sido mais baixa que o esperado.

A comunidade indígena também tem razões de queixa. Se até agora a identificação e demarcação de terras indígenas era responsabilidade da Fundação Nacional do Índio, agora está nas mãos do Ministério da Agricultura. Quer isto dizer que os agricultores têm carta-branca para delimitar as suas próprias terras em reservas até agora protegidas.

Quanto à liberalização do porte de arma, ainda não foi desta. Bolsonaro tinha levantado a hipótese de emitir um decreto para ultrapassar a lei em vigor mas ainda não passou das palavras à ação.

Editor de vídeo • Bruno Sousa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Armas: Bolsonaro não pretende combater a violência

Brasil: foram chamados para salvar crianças, mas acabaram numa operação de "salvamento" de armas

Cheias no Brasil deixam mais de 100 mortos e milhares de desalojados