Última hora

Última hora

Apple corta nas expectativas de vendas

Apple corta nas expectativas de vendas
Tamanho do texto Aa Aa

A Apple reviu em baixa as expectativas de vendas para o primeiro trimestre de 2019, devido à desaceleração das economias emergentes, em especial da China.

Numa carta dirigida aos investidores, o presidente da multinacional norte-americana Tim Cook, referiu que a empresa espera encaixar, nos três primeiros meses do ano fiscal, cerca de 74 mil milhões de euros, um valor abaixo dos 78 mil milhões e dos 82 mil milhões de euros previstos anteriormente.

O anúncio de Tim Cook levou a uma queda de mais de 7% das ações da Apple no mercado "after-hours", que são as negociações que ocorrem após o encerramento da sessão regular das bolsas.

Nos últimos três meses as ações da Apple desvalorizaram mais de 31%.