Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Continuam os protestos em Kerala

Continuam os protestos em Kerala
Tamanho do texto Aa Aa

Perto de 1500 pessoas foram detidas nos protestos no estado de Kerala, no sul da Índia.

As autoridades locais não conseguem travar a onda de violência por causa da entrada de duas mulheres em idade fértil no templo hindu de Sabarimala.

Nos protestos ficaram feridas dezenas de pessoas.

Esta quarta-feira, as duas mulheres com menos de 50 anos entraram no santuário escoltadas por polícias. São as primeiras desde que o Supremo Tribunal suspendeu a proibição de entrada a mulheres entre 10 e os 50 anos, consideradas “impuras” por estarem em idade de menstruar.

O chefe do governo de Kerala lamenta a onda de violência e sublinha que tem a responsabilidade de implementar a decisão histórica do Supremo Tribunal.