Terroristas do Al-Shabab neutralizados pelas forças quenianas

Terroristas do Al-Shabab neutralizados pelas forças quenianas
Tamanho do texto Aa Aa

Foram mais de vinte horas de cerco que terminaram com as forças de segurança quenianas a neutralizar os terroristas responsáveis pelo ataque desta terça-feira a um complexo hoteleiro em Nairobi. O atentado foi reivindicado pelo Al-Shabab, grupo extremista da Somália que tem já uma long lista de vítimas em território queniano.

Uhuru Kenyatta, Presidente do Quénia, dirigiu-se ao país esta manhã para declarar o luto por todos os "homens e mulheres inocentes que foram vítimas desta violência sem sentido".

O número mortos não é claro, se o presidente, Uhuru Kenyatta, avançou com um balanço provisório de 14 vítimas mortais, outras fontes referem a existência de pelo menos 15 mortos.

O Quénia tem sido alvo de vários atentados do Al-Shabab, o desta terça-feira acontece no momento em que a justiça queniana se prepara para emitir uma sentença relativamente aos quatro suspeitos do ataque de dois mil e treze ao centro comercial de Westgate, também reivindicado pelo grupo "jihadista" e que provocou 67 mortos.