Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Não queremos ser consultados, nós queremos decidir" dizem os "Coletes Amarelos"

"Não queremos ser consultados, nós queremos decidir" dizem os "Coletes Amarelos"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de manifestantes reúnem-se em várias cidades francesas neste sábado, apesar do presidente francês, Emmanuel Macron, ter lançado o grande debate nacional com o objetivo de chegar a um compromisso.

Em Paris, a marcha continua e um grupo de ativistas fez um percurso em homenagem às vítimas que morreram ou ficaram feridas desde o início deste movimento.

"Não acreditamos no "grande debate nacional" porque trata-se apenas de uma consulta aos cidadãos e o governo francês não ouve nada. Nós não queremos ser consultados, nós queremos decidir", disse Jonathan Gaby - um dos manifestantes.

Cinco mil agentes da polícia estão mobilizados na capital francesa, principalmente junto às instituições governamentais e nos Campos Elísios - palco dos recentes atos de violência.

Este 10º fim de semana serve de teste para saber se o lançamento do debate nacional consegue apaziguar o país.