Última hora
This content is not available in your region

"Não queremos ser consultados, nós queremos decidir" dizem os "Coletes Amarelos"

De  Euronews
euronews_icons_loading
"Não queremos ser consultados, nós queremos decidir" dizem os "Coletes Amarelos"
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de manifestantes reúnem-se em várias cidades francesas neste sábado, apesar do presidente francês, Emmanuel Macron, ter lançado o grande debate nacional com o objetivo de chegar a um compromisso.

Em Paris, a marcha continua e um grupo de ativistas fez um percurso em homenagem às vítimas que morreram ou ficaram feridas desde o início deste movimento.

"Não acreditamos no "grande debate nacional" porque trata-se apenas de uma consulta aos cidadãos e o governo francês não ouve nada. Nós não queremos ser consultados, nós queremos decidir", disse Jonathan Gaby - um dos manifestantes.

Cinco mil agentes da polícia estão mobilizados na capital francesa, principalmente junto às instituições governamentais e nos Campos Elísios - palco dos recentes atos de violência.

Este 10º fim de semana serve de teste para saber se o lançamento do debate nacional consegue apaziguar o país.