Última hora

Última hora

Davos: Ausência de Trump, May e Macron dão destaque a Bolsonaro

Davos: Ausência de Trump, May e Macron dão destaque a Bolsonaro
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump, Theresa May e Emmanuel Macron são as grandes ausências da edição deste ano do Fórum Económico Mundial em Davos, que tem início esta terça-feira, na Suíça.

O presidente dos Estados Unidos da América, que foi uma das estrelas da edição de 2018, cancelou a presença no Fórum devido à paralisação parcial do Governo federal, que se prolonga há mais de um mês.

A ausência de Theresa May justifica-se com a batalha no Parlamento britânico sobre o Brexit.

Quanto a Emmanuel Macron, a instabilidade social gerada pelos confrontos dos "coletes amarelos", fazem com que o gaulês permaneça em França.

Para a enviada especial da euronews a Davos, Isabelle Kumar, o destaque desta edição irá para Jair Bolsonaro. O presidente brasileiro irá conduzir o discurso de abertura e tudo o que disser, estará sob escrutínio.

À pequena cidade de Davos, nos Alpes suíços, acorrem mais de três mil pessoas que irão participar no Fórum Económico Mundial. Entre os participantes estão mais de 60 chefes de Estado e de Governo e centenas de ministros e líderes das empresas mais influentes do mundo.

Quanto a Portugal, o primeiro-ministro António Costa estará ausente. O ministro da economia, Pedro Siza Vieira representará o Governo português.