Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Davos: Ausência de Trump, May e Macron dão destaque a Bolsonaro

Davos: Ausência de Trump, May e Macron dão destaque a Bolsonaro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump, Theresa May e Emmanuel Macron são as grandes ausências da edição deste ano do Fórum Económico Mundial em Davos, que tem início esta terça-feira, na Suíça.

O presidente dos Estados Unidos da América, que foi uma das estrelas da edição de 2018, cancelou a presença no Fórum devido à paralisação parcial do Governo federal, que se prolonga há mais de um mês.

A ausência de Theresa May justifica-se com a batalha no Parlamento britânico sobre o Brexit.

Quanto a Emmanuel Macron, a instabilidade social gerada pelos confrontos dos "coletes amarelos", fazem com que o gaulês permaneça em França.

Para a enviada especial da euronews a Davos, Isabelle Kumar, o destaque desta edição irá para Jair Bolsonaro. O presidente brasileiro irá conduzir o discurso de abertura e tudo o que disser, estará sob escrutínio.

À pequena cidade de Davos, nos Alpes suíços, acorrem mais de três mil pessoas que irão participar no Fórum Económico Mundial. Entre os participantes estão mais de 60 chefes de Estado e de Governo e centenas de ministros e líderes das empresas mais influentes do mundo.

Quanto a Portugal, o primeiro-ministro António Costa estará ausente. O ministro da economia, Pedro Siza Vieira representará o Governo português.