EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Operação de resgate de criança sem fim à vista

Operação de resgate de criança sem fim à vista
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Continua difícil chegar à criança que caiu num furo profundo e estreito, em Málaga, há sete dias.

PUBLICIDADE

O resgate de um menino de dois anos, que caiu num buraco estreito e profundo, há sete dias, na montanha de Totalán, na província espanhola de Málaga, continua dificultado pela morfologia do terreno:

"Passamos de matérias duras para matérias mais duras ainda. A velocidade de perfuração é mais lenta e isso torna também mais lenta toda a operação de perfuração da galeria vertical", explica o responsável pela operação, o engenheiro Angel Garcia.

Até ao momento não houve qualquer contacto com a criança, mas foi encontrado cabelo, dentro do buraco, que se confirmou, através de uma análise de ADN, ser de Julen Jiménez. Uma equipa especializada está a usar uma broca para criar um poço vertical paralelo àquele em que o menino caiu, e que tem 110 metros de profundidade. Espera-se que a criança esteja a 72 metros, num ponto onde onde o poço está bloqueado. Com apenas 25 centímetros de largura, este furo é demasiado estreito para que um adulto possa passar.

Apesar dos desafios serem grandes, equipa de resgate e a família continuam a acreditar que Julen está vivo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo contratempo na busca por criança desaparecida

Nova estratégia para resgate de criança de dois anos

Alpinistas polacos salvos nos Alpes Ocidentais italianos