Última hora

Última hora

ENTREVISTA: Haddad diz que povo vai contrariar Bolsonaro

ENTREVISTA: Haddad diz que povo vai contrariar Bolsonaro
Tamanho do texto Aa Aa

A euronews aproveitou a passagem de Fernando Haddad por Lisboa para uma curta entrevista com o ex-candidato presidencial da esquerda brasileira. O antigo prefeito de São Paulo comentou as políticas de Jair Bolsonaro, as mais recentes revelações sobre a família do presidente e a política externa do Brasil.

Veja, em cima, a entrevista na íntegra.

O caso de Flávio Bolsonaro

Haddad compara as acusações que visaram o ex-presidente Lula da Silva com a situação atual a respeito do filho de Jair Bolsonaro, afirmando: "O que está a acontecer com o filho do atual presidente, é muito mais sério, muito mais grave do que tudo o que foi apurado em relação ao presidente Lula em 30 anos, 40 anos de vida pública."

O combate à corrupção no Brasil

O ex-prefeito de São Paulo afirma que os governos do Partido dos Trabalhadores (PT) fortaleceram as instituições no combate à corrupção endémica e é preciso agora dar o próximo passo: "Qual é o desafio agora? Não é apenas combater a corrupção, é inibi-la. [...] Criar mecanismos para inibiar a corrupção, para que ela não aconteça."

O Brasil de Bolsonaro e os EUA de Trump

A respeito das relações com os Estados Unidos sob a atual administração, Haddad diz que "Trump é uma pessoa que está a mudar a geopolítica mundial para pior" e acusa Bolsonaro de "jogar o Brasil numa [situação] perigosa", ao querer alinhar-se com os EUA.

O futuro do Brasil a nível interno

Haddad acredita que o povo brasileiro vai contrariar as políticas de Bolsonaro: "Eu acho que o Brasil tem uma sociedade civil que está tomando conhecimento, depois de passada a eleição, dos riscos que nós estamos correndo e vai organizar-se para evitar que os projetos do Bolsonaro sejam todos eles levados à frente."