A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Matera: os encantos da Capital Europeia da Cultura 2019

Matera: os encantos da Capital Europeia da Cultura 2019
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O sol chegou mesmo a tempo do "Dia D" para Matera. A jornada de 19 de janeiro ficou para a história com a data em que a cidade italiana se tornou oficialmente capital europeia da cultura.

A cerimónia foi um sucesso. A organização falou no evento mais mediático de sempre no que diz respeito às capitais europeias da cultura. Um acontecimento marcado pelas notas da "Ode à Alegria", tema da IX Sinfonia de Beethoven, ao ritmo de bandas marciais, que se fizeram ouvir mais tarde, depois de as autoridades fazerem as honras oficiais de abertura.

Stefano Bollani, o famoso compositor, pianista e cantor italiano, conduziu a bandas que tocaram num grande concerto.

"Gosto da ideia de ter bandas marciais a tocar porque numa banda todos tocam pelo prazer de tocar. Raramente são músicos profissionais, ao contrário de uma orquestra sinfónica. Não vivem da música mas empenham-se muito em tocar. Divertem-se em conjunto e apenas querem tocar boa música", disse, em entrevista à Euronews Stefano Bollani.

Mas como é que se pode participar nos mais de 300 eventos previstos para este ano em Matera?

Salvatore Adduce, o presidente da Fundação Matera Basilicata 2019, explica: "Quem decidir vir a Matera nem precisará de ver se está a acontecer algo. Haverá sempre qualquer coisa. Pode participar em todos os eventos fazendo uma reserva no website e obter um passaporte de cidadão temporário: com esse documento é possível ter acesso a todas as atividades que organizamos."

O passaporte custa 19 euros. A quantia será usada para apoiar Matera 2019.

Trata-se de um diário em que se podem escrever impressões. O passaporte mais criativo permitirá ao detentor ganhar uma viagem a Galway, a próxima capital europeia da cultura.

"Ars Aexcavandi" é um exemplo do que se pode encontrar em Matera. Trata-se de uma exposição que faz os visitantes viajar à época pré-histórica para estudar a história de cidades feitas de pedra.

"O medo dos lugares, o terror e a beleza ao mesmo tempo. O glamour e o horror. O trabalho humano e a criação de uma civilização que vive em simbiose com a natureza. É o que mostramos nesta exposição", explica Pietro Laureano, arquiteto e curador da exposição "Ars Aexcavandi."

Através de dezenas de imagens, Carlos Solito mostra as relações entre Matera e Petra, na Jordânia. Duas cidades que partilham as mesmas raízes apesar de estarem tão distantes uma da outra.

"'Materia Pietra' é uma viagem, um itinerário, um diálogo ideal entre duas cidades de pedra. Duas irmãs feitas de pedra, de areia, de silêncio e de vertigens", sublinha o fotógrafo Carlos Solito.

Marta Brambilla, Euronews - A partir de agora Matera viverá um ano luminoso. Revelaremos o que vai acontecer ao longo dos próximos 12 meses em Go! Matera.