Última hora

Davos questiona benefícios da globalização

Davos questiona benefícios da globalização
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No último dia do Fórum Económico e Mundial, em Davos, centenas de pessoas enfrentaram o frio para pedir mais justiça social e condenar o capitalismo selvagem. Não tiveram resposta oficial, mas Alexander Stubb, antigo primeiro-ministro finlandês, apontou um caminho que alinha com as pretensões dos manifestantes: a mudança de "um mundo capitalista para um mundo social". Stubb considera que o "modelo nórdico" pode travar a onda populista.

À procura de "uma revolução económica", a Arménia foi a Davos mostrar que o país está a criar condições para ser mais atrativa para negócios e investimento e anunciou à Euronews quais as primeiras reformas previstas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.