Última hora

Última hora

Brumadinho: balanço de vítimas mortais aumenta

Brumadinho: balanço de vítimas mortais aumenta
Tamanho do texto Aa Aa

Subiu para 11 o número de mortos confirmados, na sequência da rutura da mina de Córrego do Feijão, da empresa Vale. De acordo com o último balanço do Corpo de Bombeiros do estado brasileiro de Minas Gerais, há ainda 299 pessoas desaparecidas, no município de Brumadinho. As buscas irão prolongar-se nas próximas semanas.

Estima-se que o número de vítimas mortais suba, nas próximas horas. Foi encontrado um autocarro soterrado, com todos os ocupantes mortos, desconhecendo-se, ainda, o número.

O Ministério do Ambiente anunciou que a empresa mineira Vale será multada em 250 milhões de reais, o equivalente a 58 milhões de euros.

A justiça brasileira bloqueou mil milhões de reais, cerca de 233 milhões de euros, das contas da Vale.

A Vale informou que foi aberto um inquérito para apurar as causas da rutura.

A infraestrutura passou por uma inspeção da Agência Nacional de Águas há pouco mais de um mês. O relatório indicou que a barragem tinha um baixo risco de rutura, mas um elevado potencial de danos.