Gianni Infantino sem oposição nas eleições da FIFA

Gianni Infantino sem oposição nas eleições da FIFA
Tamanho do texto Aa Aa

Gianni Infantino vai concorrer sozinho à presidncia da FIFA, revelou esta quarta-feira o organismo que superintende o futebol mundial.

O processo de apresentação de candidaturas foi aberto em junho do ano passado e o atual presidente da FIFA foi proposto por cinco das 211 associações do organismo depois de ter sucedido há dois anos ao destituído Sepp Blatter.

O suíço subiu à liderança do organismo no meio de um escândalo de corrupção que levou à suspensão do compatriota Blatter e também do francês Michel Platinni.

Os planos para um Mundial alargado a mais seleções e uma Liga das Nações a nível mundial terão garantido um nível de apoio a Infantino que afastou outros eventuais candidatos.

As eleições na FIFA estão marcadas para cinco de junho, em Paris, num congresso que antecede a abertura do Mundial feminino que vai decorrer exatamente em França.

O suíço terá pela frente um mandato de quatro anos, cujo ponto alto será o primeiro Mundial disputado entre novembro e dezembro, o Qatar2022.