Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": "Brexit", emergências, sem-abrigo e quotas pesqueiras

"Breves de Bruxelas": "Brexit", emergências, sem-abrigo e quotas pesqueiras
Tamanho do texto Aa Aa

O negociador-chefe da União Europeia para o "Brexit" apelou esta segunda-feira ao "movimento" do Reino Unido de forma a afastar o cenário de uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo.

Michel Barnier manifestou-se durante uma visita ao Luxemburgo. O assunto está em destaque no programa "Breves de Bruxelas." Abordamos ainda as seguintes notícias:

O Manneken-Pis, um dos símbolos de Bruxelas, vestiu-se a rigor para assinalar o Dia Europeu do 112. A jornada de 11 de fevereiro foi escolhida para alertar os cidadãos para a importância da utilização correta do número. Criado em 1991, pode ser usado a partir de telefones fixos, móveis ou públicos para aceder aos serviços de emergência da União Europeia, de forma gratuita. De acordo com a Comissão Europeia, no ano passado as chamadas para o número atingiram os 140 milhões.

Munidos de sacos-cama com as cores da bandeira nacional, antigos membros do Exército irlandês estão nas ruas de Dublin para alertar para o problema dos veteranos sem-abrigo. O protesto é organizado pela organização não-governamental O.N.E (The Organisation of National Ex-Service Personnel). O número de pessoas sem-abrigo está a crescer na Europa, com exceção da Finlândia.

As quotas de pesca de 2019 para a Suécia permitem pescar 52% a mais do que os cientistas dizem ser sustentável. Os dados preocupantes constam de uma análise da quota de pesca da União Europeia (UE), divulgada esta segunda-feira pela Fundação para a Nova Economia. A seguir à Suécia surgem o Reino Unido e a Irlanda com 24% e 22% respetivamente além das recomendações científicas.