Última hora
This content is not available in your region

"Liga do LOL" intimidava mulheres nas redes sociais

euronews_icons_loading
"Liga do LOL" intimidava mulheres nas redes sociais
Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo secreto do Facebook, constituído por jornalistas e personalidades da comunicação social, está a chocar a sociedade francesa.

A "Liga do LOL" foi criada há mais de uma década e tinha como objetivo assediar, intimidar e humilhar, em especial, mulheres jornalistas, ativistas femininas e pessoas da comunidade LGBTI.

O grupo foi denunciado numa reportagem do jornal francês Libération, o que motivou dezenas de vítimas a falar publicamente sobre os casos.

O advogado Eric Morain, defende que "uma vítima de intimidação cibernética, quando recebe dezenas ou centenas desse tipo de mensagem, não pode simplesmente varrê-las para debaixo do tapete. Não pode deixar de encará-las como algo real. Isso afetará a sua saúde psicológica, mental, a sua saúde em geral. Pode, até, afetar o rumo da sua carreira".

Os membros da "Liga do LOL" estão a ser suspensos e, em alguns casos, despedidos.

No jornal Libération, foram suspensos dois jornalistas onde se inclui o editor da edição digital, Alexandre Hervaud.