EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Nigéria adia eleições

Nigéria adia eleições
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nigéria adia eleições. A Comissão Eleitoral nigeriana decidiu adiar o escrutínio devido a problemas logísticos.

PUBLICIDADE

Chegaram para votar, mas acabaram por jogar à bola. A comissão eleitoral da Nigéria decidiu adiar a eleição presidencial horas antes de o voto ter início. Os dois principais partidos já contestaram a decisão. Os eleitores sentem-se defraudados.

"Sinto-me aborrecido porque eu vim esta manhã para a eleição e depois ouvi que tinha sido adiada. Estou aborrecido", refere um jovem perto de uma assembleia de voto.

Quando faltavam cinco horas para as urnas abrirem, a comissão eleitoral informou que a eleição presidencial ficou adiada para 23 de fevereiro devido a "desafios" não especificados.

"Foi uma decisão difícil para a comissão mas necessária para a realização bem-sucedida do escrutínio e para a consolidação da nossa democracia", declarou Mahmood Yakubu, presidente da Comissão Eleitoral.

Os dois principais partidos que concorrem às eleições na Nigéria condenaram o adiamento do escrutínio e acusaram-se mutuamente de estarem na origem da decisão.

O adiamento das eleições terão sido decidiu devido a chegada atrasada do material de voto nalgumas regiões do país.

O vencedor deste escrutínio será eleito para um mandato de 4 anos para governar o país com 190 milhões de habitantes, o mais populoso de África.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos 14 mortos num comício do presidente Buhari

Catalunha: em que consiste a lei da amnistia recentemente aprovada por Madrid?

Eleições legislativas de alto risco para o ANC na África do Sul