Última hora

Eleições adiadas na Nigéria

Eleições adiadas na Nigéria
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi a surpresa para a população da Nigéria: as eleições presidenciais foram adiadas uma semana e os eleitores foram avisados poucas horas antes da abertura das urnas. Os eleitores não estão nada satisfeitos com esta medida. A comissão eleitoral alega problemas logísticos e apela à calma.

Os dois principais candidatos às presidencias são Muhamadu Buhari e o líder da oposição Atiku Abubakar.

A campanha ficou marcada pela morte de pelo menos 15 pessoas, depois de um comício de Buhari, na passada terça-feira.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.