A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Pedro Sánchez nega acordos com nacionalistas para as legislativas

Pedro Sánchez nega acordos com nacionalistas para as legislativas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em entrevista à televisão pública espanhola TVE, Pedro Sánchez, disse que não tinha qualquer acordo com partidos nacionalistas para continuar no poder.

O presidente do Governo espanhol convocou eleições legislativas antecipadas para 28 de abril, as terceiras em quatro anos.

Para Sánchez disse ainda que não é possível uma Catalunha independente e acrescentou que as forças nacionalistas catalãs tem medo ao diálogo:

"Eles próprios têm medo de sentar-se a dialogar e de tomar consciêcia de que a independência na Catalunha não é possível," disse Sánchez.

"E têm medo de dizer aos elementos com posições mais radicais na Catalunha, que, logicamente, apoiam estes partidos políticos, que lhes mentiram e que têm de voltar à via constitucional," continuou.

No entanto, o líder do Executivo espanhol disse que não tinha a intenção de vetar o diálogo com nenhum dos partidos políticos.

Disse ainda lamentar o acordo entre vários partidos da direita para não estabelecer qualquer pacto com o seu partido, o PSOE.