Última hora

Jornalistas argelinos denunciam pressões

Jornalistas argelinos denunciam pressões
Direitos de autor
REUTERS/Ramzi Boudina
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia argelina deteve uma dezena de jornalistas que participavam numa manifestação na capital, Argel, contra a censura.

Cerca de uma centena de jornalistas dos setores público e privado participaram esta quinta-feira de manhã num encontro para denunciarem as pressões e restrições de cobertura na comunicação social.

Os manifestantes protestam contra as medidas impostas pelo que descrevem como as hierarquias contra o movimento de contestação atual.

As detenções ocorrem na véspera de mais manifestações anunciadas contra a candidatura do presidente Abdelaziz Bouteflika a um quinto mandato.

A organização Repórteres Sem Fronteiras acusou na quarta-feira as autoridades argelinas de tentarem controlar os órgãos de comunicação denunciando manobras de interpelação, restrições e pressões generalizadas exercidas sobre os jornalistas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.