A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Carnaval no Sambódromo do Rio em risco

Carnaval no Sambódromo do Rio em risco
Direitos de autor
REUTERS/Pilar Olivares
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As festividades do Carnaval do Rio de Janeiro arrancam esta sexta-feira. Mas a grande questão é se haverá ou não a tradicional marcha no Sambódromo Marquês de Sapucaí. Tudo porque o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro pediu a interdição do habitual palco dos desfiles das escolas de samba, condicionando a sua eventual abertura a uma inspeção das normas de segurança das instalações.

Em resposta ao pedido, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro deu 24 horas para que o Corpo de Bombeiros da metrópole brasileira efetue uma vistoria do Sambódromo e exigiu também que a Riotur e a Liesa - duas entidades que gerem as festividades do Carnaval - assinem um termo de responsabilidade que garanta a segurança dos desfiles.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, visitou o local esta quinta-feira e falou do reforço da segurança para o Carnaval de 2019, mas precisou que a gestão do Sambódromo não é da responsabilidade do executivo estatal.