Seca matou milhões de árvores na Dinamarca

Seca matou milhões de árvores na Dinamarca
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os silvicultores avaliam os prejuízos depois da seca que se fez sentir no ano passado

PUBLICIDADE

As árvores na Dinamarca estão em perigo.

Um novo estudo da Universidade de Copenhaga revela que um terço das árvores plantadas recentemente morreu antes do verão do ano passado.

Segundo o documento, na origem do problema estaria a primavera e verão invulgarmente secos que afetaram o país em 2018.

Para os silvicultores, as consequências económicas são consideráveis.

"Durante o verão de 2018, entre 30 a 40% das árvores secaram completamente", adianta Michael Gehlert, silvicultor e guarda-florestal.

A seca afetou também as árvores mais antigas.

"Dos cerca de 15 milhões de árvores que plantamos todos os anos, 2,5 milhões de árvores de Natal pequenas que morreram simplesmente. Quanto às árvores da floresta, são centenas de milhar de pequenas plantas que se perderam" diz Iben Margrethe Thomsen, consultora da Universidade de Copenhaga.

Perante a possibilidade de verões mais quentes, os silvicultores dinamarqueses estão agora a considerar se devem investir em espécies mais robustas no futuro.

A última vez que a Dinamarca enfrentou uma seca foi na década de 70.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia investiga tiroteio na Dinamarca

Azinheira portuguesa distinguida na Europa

Flor-cadáver desabrochou em São Francisco