A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Continuam os protestos contra recandidatura do presidente argelino

Continuam os protestos contra recandidatura do presidente argelino
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nas ruas de Argel continua a contestação contra a recandidatura do presidente Abdelaziz Bouteflika. Segundo informações divulgadas pela presidência argelina, Bouteflika está a fazer exames médicos periódicos em Genebra e não há motivos para preocupação.

Bouteflika tem 82 anos e está no poder há 20.

A garantia de que caso seja reeleito não vai terminar o mandato e vai convocar eleições antecipadas no prazo de um ano não acalmou os ânimos.

Dezenas de milhares de pessoas encheram hoje as ruas da capital da Argélia na terceira sexta-feira consecutiva de protestos. A multidão era formada principalmente por jovens

A maioria das marchas foi pacífica mas a polícia voltou a usar gás lacrimogéneo contra alguns grupos de manifestantes, um deles concentrado perto do palácio presidencial.