A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protestos dos coletes amarelos perdem força

Protestos dos coletes amarelos perdem força
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos dos coletes amarelos em França registaram este sábado a adesão mais fraca desde o início no passado mês de novembro.

Segundo as autoridades gaulesas, o número de manifestantes em todo o país nem chegou aos 30 mil, mais concretamente 28.600.

Apesar de a polícia ter recorrido a canhões de água e gás lacrimogéneo em algumas cidades, como Paris ou Lille para dispersar os manifestantes, este foi também um dia mais calmo e sem registo de feridos.

O enfraquecimento do movimento de protesto que agitou o país acontece a poucos dias do fim do Grande Debate Nacional, a resposta política do presidente Emmanuel Macron à contestação lançada no passado mês de janeiro.

No entanto, os responsáveis dos 'gillets jaunes' - como são designados em França - prometem uma grande mobilização para o próximo sábado.

A expectativa do movimento é conseguir recuperar o impacto inicial para fazer um derradeiro ultimato ao presidente Emmanuel Macron e ao governo de Édouard Phillipe.