Última hora

Última hora

O mundo do turismo está em Berlim

O mundo do turismo está em Berlim
Tamanho do texto Aa Aa

A Euronews está a acompanhar a maior feira de turismo do mundo, o ITB, o Internationale Tourismus-Börse.

De 06 a 10 de março, milhares de expositores de mais de 180 países apresentam os melhores destinos de férias, melhores viagens de negócio e de tecnologia.

Destino: Egito

O Egito está entre os destinos mais pensados para 2020. As terras quentes do norte de África são procuradas desde sempre, o que faz do Egito um dos países mais visitados da região. A curiosidade disparou desde que foi anunciada a inauguração do Grande Museu Egípcio, em Gizé, que só acontecerá em 2020, e que abrigará toda a coleção de Tutankhamon.

Rania A. Al-Mashat, ministra do Turismo do Egito, diz que não haverá mais nenhum museu como este que abrirá portas em breve.

"Pode até ver artefatos egípcios em diferentes museus por todo o mundo mas este é o único museu que tem as pirâmides como pano de fundo. Então, é uma atração fantástica para aqueles que querem vir e ter um vislumbre da história do Egito", admitiu. "Outra coisa que é bastante significativa sobre o museu é que há muita história dentro e a fachada é muito contemporânea”, concluiu a ministra.

Destino: Itália

Outro destino apresentado na feira é Itália. Não é só a comida que puxa pelos turistas, o país do sul da Europa também tem muito a oferecer quando se trata de história e cultura.

Não fosse a bota geográfica a bota dos génios. Maria Elena Rossi, diretora de Marketing e Promoção da ENIT (Agência Nacional italiana de Turismo) diz que não há melhor embaixador do que Leonardo da Vinci.

"Da Vinci é o mais forte inovador e o mais forte génio que podemos imaginar para representar a Itália. Então, todas as principais cidades onde ele nasceu mas também os lugares onde trabalhou e viajou, estão agora a organizar eventos para todo o ano.".

Destino: Irlanda

O tipo de férias que as pessoas querem está a mudar. Muitos anseiam muito mais do que os destinos e atrações clássicos da cidade, e querem sair da norma para ter uma experiência única e autêntica.

A irlanda está a incentivar os turistas a fazer exatamente isso - o país quer construir um setor de turismo sustentável.

Brendan Griffin, Ministro do Turismo e Desporto da Irlanda, admite que o governo está a apostar nas áreas menos exploradas do país.

"O que eu acho que temos para oferecer na Irlanda são as áreas enormes que têm estado tradicionalmente desconhecidas, as jóias escondidas em comunidades que não eram os pontos turísticos tradicionais e é aí que vemos o potencial real de crescimento.".

Brendan Grittin admite que o clima também é um fator importante no turismo irlandês. "Temos um clima muito ameno na Irlanda. Não se vai queimar com o sol, mas também não vai tremer com o frio.", disse.

Esta Feira de Turismo de Berlim é também um lugar para se debater e discutir desafios e oportunidades na indústria - incluindo o futuro do digital e a adoção de uma abordagem mais individualizada.

Roland Conrady, Diretor Científico da ITB, diz-nos que o futuro passa pela tecnolgia personalizada.

"Vemos a digitalização em todo o lado no futuro. Tenho certeza de que não digitaremos informações no nosso smartphone, mas falaremos com ele. As ofertas que recebemos dos fornecedores usarão inteligência artificial para nos oferecer pacotes mais individualizados e de acordo com nossas necessidades ".

Destino: China

O país asiático também está em grande na Feira de turismo. Promove destinos como Dalian, também já apelidado de "Hong Kong do Norte". A cidade chinesa vai sediar a edição de verão de Davos deste ano.

Zhang Feng, Diretor-Geral Adjunto do Departamento de Cultura e Turismo de Dalian, diz que Dalian é uma "mistura de culturas".

“Aqui, pode ver diferentes influências culturais de lugares como Japão, Coreia e Rússia. A cultura tradicional da China é também encontrada em toda a cidade. Ao mesmo tempo, Dalian tem um clima muito confortável, uma temporada de férias de três a quatro meses no verão. Além disso, a cidade também reúne uma mistura gastronómica interessante.", admite o referente chinês.

A indústria do turismo global está a inovar para criar novas e excitantes experiências de viagem para todos e para fugir dos destinos "normais".