Última hora

Última hora

Itália recebe presidente chinês com olhos postos no comércio

Itália recebe presidente chinês com olhos postos no comércio
Direitos de autor
REUTERS/Pedro Nunes
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente italiano reforçou o compromisso do país com as alianças ocidentais.

O anúncio teve lugar na quarta-feira, um dia antes da visita ao país do presidente chinês, Xi Jinping.

Por detrás da visita de dois dias do líder chinês está a assinatura de um memorando de entendimento relativo à iniciativa "Belt and Road", ou "Nova Rota da Seda" em português, o enorme projeto lançado em 2013 e visto como uma peça fundamental na política comercial chinesa.

"A Itália não só vê a China como um dos seus maiores parceiros comerciais mas também como um motor do comércio internacional. A Itália apoia um sistema de comércio multilateral realista e aberto", disse o presidente italiano, Sergio Mattarella, na véspera da visita do líder chinês.

Sobre a mesa estarão vários acordos incluindo alguns com a petrolífera italiana Eni, a empresa de infraestruturas de gás, Snam, e o construtor naval, Fincantieri.

Prevê-se que a Itália apresente projetos de desenvolvimento comercial através dos portos de Génova, Trieste e Palermo.

Apesar da empresa chinesa COSCO ter adquirido controlo sobre o maior porto grego, a Itália afirma que oferece melhores pontos de acesso ao mercado europeu.

De recordar que o presidente chinês visitou Portugal no fim do ano passado. Portugal é o quarto destino para o investimento chinês em território europeu.