EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Paris reforça medidas face a novos protestos

Paris reforça medidas face a novos protestos
Direitos de autor REUTERS/Philippe Wojazer
Direitos de autor REUTERS/Philippe Wojazer
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Capital francesa prepara-se para décimo nono sábado de manifestações dos "coletes amarelos" com a intenção de evitar repetição da violência e pilhagens de há uma semana

PUBLICIDADE

O décimo nono sábado de manifestações dos "coletes amarelos" será um importante teste para o governo francês, depois dos episódios de violência e pilhagens registados na semana passada em Paris. Várias áreas da capital francesa com acesso proibido aos protestos, um reforço dos soldados da operação Sentinela e um novo responsável da Polícia de Paris são algumas das medidas decididas nos últimos dias, que demonstram a vontade do executivo de mostrar firmeza face à eventualidade de que as manifestações voltem a degenerar.

O ministro francês do Interior, Christophe Castaner, afirmou que "é preciso ir mais longe. As cenas do último sábado mostram que a violência voltou a subir de tom. A resposta deve ser firme e a firmeza reforçada. É esse o sentido das decisões tomadas pelo primeiro-ministro esta semana e que devem ser efetivas a partir deste sábado".

A presença reforçada do Exército divide, no entanto, a classe política e pode, segundo as vozes críticas, acentuar as tensões, apesar dos soldados terem ordens para aliviar apenas as tarefas da polícia e, em nenhum caso, entrar em contacto com os manifestantes, nem efetuar a manutenção da ordem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris

Protestos dos agricultores abrandam em França

Residentes de Marselha abrem guerra ao Alojamento Local