Última hora

Última hora

Eurodeputados aprovam novo pacote de reformas da PAC

Eurodeputados aprovam novo pacote de reformas da PAC
Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados europeus aprovaram o segundo pacote de reformas da Política Agrícola Comum relativo à regulação dos pagamentos diretos aos agricultores e desenvolvimento rural depois de 2020.

As novas regras do chamado regulamento estratégico têm como objetivo reduzir os pagamentos a explorações de grandes dimensões, aumentando os apoios aos pequenos e médios agricultores com particular incidência nas mulheres e jovens contemplados com pelo menos 2% dos pagamentos nacionais diretos.

"Os jovens agricultores têm que ter um futuro melhor. Nós pressionámos no sentido de invetsir na agricultura. O retorno em termos de mercado é positov, alimentos de boa qualidade e um ambiente sustentável. Nós acreditamos que o mercado deve liderar nesta questão, Temos que certificar-nos que os consumidores, através das suas decisões, apoiam as práticas sustentáveis no seio da UE", afirmou o secretário-geral do grupo de pressão do setor agrícola, COPA-COGECA.

Para além dos jovens e mulheres, os deputados europeus querem dedicar pelo menos 5% dos pagamentos nacionais diretos a explorações agrícolas de tamanho pequeno e médio.

A organização de defesa do meio ambiente, Greenpeace, apelou ao fim dos subsídios públicos às grandes explorações agrícolas. O apelo, contudo, rejeitou as propostas neste sentido feitas pelo comité do ambiente.