Última hora

Última hora

Presidente da Federação Alemã de Futebol demite-se

Presidente da Federação Alemã de Futebol demite-se
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Federação Alemã de Futebol demitiu-se esta terça-feira.

Além da demissão, Reinhard Grindel pediu desculpas por ter aceitado um relógio avaliado em seis mil euros do empresário ucraniano Grigori Surkis.

O dirigente tem sido confrontado, nos últimos tempos, com o descontentamento geral com a sua liderança e com acusações de que teria recebido outras ofertas exteriores.

"Estou a deixar o cargo de presidente da Federação. Peço desculpa por ter confirmado preconceitos contra aqueles que estão ativos no futebol, em exercício de funções ou em cargos honorários, através das minhas ações insuperáveis ligadas à aceitação de um relógio", refere o presidente demissionário.

Grindel tem estado debaixo dos holofotes após a revista Der Spiegel ter revelado que teria recebido, também, 78 mil euros de uma subsidiária da Federação antes assumir o cargo de presidente, em abril de 2016.

Até setembro, serão os vice-presidentes Rainer Koch e Reinhard Rauball a assumir a liderança da Federação Alemã de Futebol.