Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Fiat-Chrysler poderá integrar Tesla na sua frota

Fiat-Chrysler poderá integrar Tesla na sua frota
Tamanho do texto Aa Aa

A Fiat-Chrysler poderá em breve incluir as viaturas elétricas da Tesla na sua frota.

Informações vindas recentemente a público sugerem que o construtor italo-americano irá pagar centenas de milhões de euros à Tesla para fazer isto.

A inclusão das viaturas da Tesla na frota da Fiat-Chrysler permitirá a redução das emissões de dióxido de carbono da Alfa Romeo, Maserati e Fiat.

Por detrás da decisão estariam as novas regras europeias relativas a emissões. A partir de 2020, a média europeia de emissões de CO2 de novos veículos será de 95 gramas por quilómetro.

A Fiat-Chrysler tem poucos veículos elétricos e híbridos na sua frota e por isso corre o risco de vir a sofrer multas pesadas.

Os esquemas de compensação de emissões são frequentes.

A Volkswagen também recorreu a um esquema idêntico, A marca alemã compensou as emissões da VW, Seat e Skoda contra aquelas da Porsche e Audi.

A diferença com a Fiat-Chrysler é que isto foi feito dentro do mesmo grupo.