Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Fiat Chrysler desiste de fusão com Renault

Fiat Chrysler desiste de fusão com Renault
Tamanho do texto Aa Aa

O mais recente noivado da indústria automóvel já não vai dar em casamento. A Fiat Chrysler abandonou a proposta de fusão com a Renault, pela qual estava disposta a dar 35 mil milhões de dólares, ou seja, cerca de 31 mil milhões de euros.

A culpa, diz a sociedade italo-americana, é do pai da noiva, isto é, do governo francês. O Estado, detentor de 15% da Renault, pediu para adiar a decisão e impôs condições. Para o executivo era necessário ter garantias de que França não perderia postos de trabalho, de que se iria manter a aliança com a Nissan e assegurar a participação num projeto de baterias elétricas com a Alemanha.

A fusão da Fiat Chrysler com a Renault daria origem ao terceiro maior fabricante de automóveis do mundo.