Última hora

Última hora

FMI corta previsão de crescimento da economia mundial

FMI corta previsão de crescimento da economia mundial
Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional reviu em baixa a previsão do crescimento da economia mundial, para este ano.

No relatório "World Economic Outlook" a instituição liderada por Christine Lagarde mostra-se preocupada com as incertezas do "Brexit" e com as crescentes tensões comerciais, em especial, entre a China e os Estados Unidos da América.

O "World Economic Outlook" projeta um abrandamento do crescimento da economia mundial, em 2019, registando um crescimento de 3,3%, 0,4 pontos percentuais abaixo da previsão anterior.

Para 2020, o FMI estima que o crescimento da economia do globo seja de 3,6%.

“A tremenda incerteza, em torno do Brexit, pesou negativamente no crescimento para o Reino Unido, e é uma das razões para a revisão em baixa, então esse seria o primeiro ponto, ou seja, a incerteza contínua não ajuda. O segundo é claro, no caso de um Brexit sem acordo, o impacto para a economia do Reino Unido seria bastante substancial”, afirma a Economista-chefe do FMI, Gita Gopinath.

Esta é a terceira revisão em baixa, desde outubro, por parte do FMI.

O Fundo recomenda que China e Alemanha, dois dos principais motores da economia mundial, adotem medida a curto prazo para estimular o crescimento.

A instituição apelou, ainda, ao Banco Central Europeu que prossiga com o estímulo às economias regionais depois de ter revisto em baixa o crescimento da Zona Euro para 1,3%, este ano, e 1,5% em 2020.

FULL REPORT: https://www.imf.org/en/Publications/WEO/Issues/2019/03/28/world-economic-outlook-april-2019