A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rumo às eleições europeias: A luta contra a criminalidade em Scampia

Rumo às eleições europeias: A luta contra a criminalidade em Scampia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Do centro de Nápoles até aos subúrbios mais longínquos, a viagem da Euronews chega a Scampia, um bairro tristemente associado à série de televisão Gomorra. Considerado um lugar onde a pobreza e a criminalidade são sinónimos, Scampia é também um bairro que tenta livrar-se desse rótulo mal-afamado.

Encontramo-nos com Gianni Maddaloni, chamado de "mestre" e pai do campeão olímpico de Judo, Giuseppe.

A sua academia salvou muitas crianças da criminalidade e continua a receber todos, com uma condição: que respeitem as regras, como explica Gianni Maddaloni.

"Este é um ginásio social, muito poucas pessoas pagam aqui, só aqueles que podem. Fazemos um pouco o papel de pai para os que não têm família, esse também é o significado do desporto."

As crianças que para aqui vêm costumam ter um passado problemático: um pai na prisão e uma mãe sozinha a cuidar dos filhos. E é precisamente a história de Francesco, que decidiu mudar a sua vida há 5 anos. Costumava ser um rufia, mas agora ensina judo aos mais jovens.

"O desporto transmite valores e respeito pelas pessoas, algo que eu não tinha quando era criança. Então, ter um mestre tão exigente que está sempre em cima de nós, se nos portamos mal, mudamos o comportamento à força."

O ginásio é um ponto de referência para as famílias carentes, que aqui podem encontrar também alguns alimentos. Scampia não é a prioridade para os políticos, explica Lucia Valese. Mora aqui desde a década de 70, do século passado, e leva o filho para a academia Maddaloni. Diz que muitos sentem-se abandonados pelos governantes.

"Gostaria que essas pessoas viessem aqui para ver, e que não confiasse apenas no que outras pessoas lhes dizem. Mas gostaria que viessem não só quando se aproximam as eleições."

A apenas algumas semanas das eleições europeias, os habitantes de Scampia têm uma mensagem para os políticos: não se esqueçam dos subúrbios e dos seus jovens.