A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Futebolistas ingleses boicotam redes sociais

Futebolistas ingleses boicotam redes sociais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Basta. A Associação de Futebolistas Profissionais de Inglaterra lançou uma campanha para aumentar a pressão sobre as instâncias desportivas e levá-las a ser mais firmes na resposta aos insultos racistas. A campanha tem tanto de simples quanto de simbólico, a organização apelou a um boicote às redes sociais por parte de todos os futebolistas profissionais durante um período de 24 horas.

A iniciativa foi apoiada por alguns dos principais futebolistas como Danny Rose. O defesa do Tottenham, com 26 internacionalizações pela Inglaterra, referiu que não gostaria de ver nenhum jogador sofrer no futuro as situações que ele teve de enfrentar ao longo da carreira.

Chris Smalling, defesa do Manchester United, e Troy Deeney, capitão do Watford, foram outros dos nomes que se juntaram à iniciativa. Para a Associação de Futebolistas Profissionais esta medida trata-se apenas do primeiro passo de uma campanha mais abrangente.