A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sudaneses exigem governo civil

Sudaneses exigem governo civil
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nas ruas de Cartum, as vozes dos sudaneses não se calam. A capital do país foi o palco de mais uma manifestação. Dezenas de milhares de pessoas exigiram uma transição mais célere de poder para um governo civil, uma semana depois da deposição do antigo presidente Omar al-Bashir.

Uma manifestante conta que "até há um ano, ninguém queria ficar no Sudão. Toda a gente dizia que queria partir, que queria ir embora, que o destino era sair do país, deixar o país para trás.Mas agora todos nós queremos ficar. Todos nós queremos construir o nosso país. Todos nós queremos ter sucesso aqui e voltar a por o país como estava".

O apelo da população teve eco na União Africana, que deu aos militares 15 dias para transferirem o poder para um órgão liderado por civis.

Omar al-Bashir passou entretanto para a prisão de máxima segurança de Kobar. As mesmas instalações onde até há pouco tempo mantinha os opositores políticos.