A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sem-abrigo em protesto junto a Notre-Dame

Sem-abrigo em protesto junto a Notre-Dame
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de solidariedade para a reconstrução da Catedral de Notre-dame deu uma semana depois lugar aos protestos de dezenas de sem-abrigo.

Nas 24 horas que se seguiram ao incêndio da passada segunda-feira, cerca de mil milhões de euros foram prometidos por diversos doadores.

Ao lado do monumento parisiense com oito séculos de história, manifestantes em defesa do direito à habitação (DAL - "Droit au Logement") reclamaram esta segunda-feira um teto para todos e não apenas para Notre-Dame.

"Nunca tivemos tantos sem abrigo no nosso país. Por isso, de certa forma, estamos em Notre Dame para lhe dar as boas-vindas ao país dos sem abrigo, já que, infelizmente, a Notre Dame ficou sem teto", afirmou Jean-Baptiste Eyrault, um dos organizadores do protesto.

De seguida, Jean-Baptiste Eyrault apontou a mira ao governo francês e às alegadas benesses fiscais concedidas aos mais ricos: "Estamos aqui também para denunciar os milionários que ficam bem na fotografia da reabilitação de Notre Dame, mas que beneficiam da isenção fiscal e das doações do Estado".

Apesar da revolta, a manifestação decorreu sem incidentes e a polícia limitou-se a vigiar o perímetro em torno da Catedral de Notre-Dame, sem precisar de intervir junto dos manifestantes.