Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Catedral de Notre Dame mais fragilizada do que parece

Catedral de Notre Dame mais fragilizada do que parece
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A catedral de Notre Dame pode estar bem mais fragilizada do que parece à primeira vista. Uma semana após o incêndio devastador, os arquitetos mostram-se preocupados, pela falta de suporte, nas estruturas que ficaram de pé.

"O facto de vermos a pedra, dá-nos tranquilidade. Dizemo-nos: ela ainda ali está mas, na verdade, temos que desconfiar dos suportes que ficaram muito fragilizados e que já não garantem o papel de peso e contra-peso e de reforço clássico, na arquitetura gótica", explica a arquiteta patrimonial dos Monumentos de França, Marie-Amelie Tek.

Assim, os cinco anos que o presidente Emmanuel Macron pediu para a reconstrução vão certamente ser curtos.

"Penso que de uma forma pragmática, do ponto de vista dos técnicos dos edifícios, é preciso primeiro equacionar a questão da consolidação de urgência, fundamentar e salvar aquilo que pode ser salvo e parece-me que num prazo de cinco anos, isso vai ser complicado", conclui Marie-Amelie Tek.

Mais complicado para os técnicos, mais fácil para os políticos. O ministro francês da Cultura, Franck Riester, dizia este fim de semana que "a catedral está quase salva", apesar de alguns pontos sensíveis".