Última hora

Mike Pompeo reuniu-se com Sergei Lavrov em Sochi

Mike Pompeo reuniu-se com Sergei Lavrov em Sochi
Tamanho do texto Aa Aa

Uma reunião de chefes da diplomacia para resolver as diferenças entre os Estados Unidos e a Rússia. Mike Pompeo reuniu-se com Sergei Lavrov, em Sochi, e trouxe uma mensagem de entendimento de Donald Trump - que está determinado em melhorar a tensão entre as duas potências.

Pompeo pediu à Rússia para retirar o apoio ao líder venezuelano e Lavrov pediu "relações mais responsáveis" aos Estados Unidos: "A Rússia está interessada na normalização do diálogo e estamos convencidos que é perfeitamente possível, se encararmos o assunto na base do respeito mútuo; no respeito pelos nossos interesses mútuos. O diálogo foi suspenso devido a uma onda de acusações infundadas sobre as alegadas tentativas de influenciar as eleições norte-americanas", disse Lavrov.

Pompeo deixou o aviso a Lavrov contra uma eventual interferência nas próximas eleições presidenciais norte-americanas: “A interferência nas eleições americanas é inaceitável e se os russos estiverem envolvidos nisso em 2020, seria algo que colocaria nosso relacionamento em pior estado do que antes. Aconselhamos a que não o façam. Não vamos tolerar isso".

Mike Pompeo trouxe à conversa temas divergentes, como as situações na Venezuela e na Coreia do Norte e o dossier da interferência russa nas eleições norte-americanas, de 2016. Na calha está também um encontro com o presidente russo Vladimir Putin. Um dos pontos centrais serão as tensões norte-americanas com o Irão.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.