A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Alterações climáticas dominam campanha para as europeias

Alterações climáticas dominam campanha para as europeias
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ambiente e as alterações climáticas estão no centro das atenções na campanha para as eleições europeias, na Alemanha.

Inspirados pela ativista sueca de 15 anos, Greta Thunberg, todas as semanas, grupos de jovens estudantes fazem greve e manifestam-se a exigir dos Governos medidas urgentes para combater o aquecimento global.

Para estes jovens, as eleições europeias podem ser decisivas para uma mudança das políticas ambientais no Velho Continente.

"São eleições cruciais. Neste momento, estamos no ponto de inflexão onde poderíamos salvar o mundo ou então será tarde demais. Resolver este problema que tem de ser uma tarefa para a União Europeia. É por isso que estas eleições são tão importantes", afirma o jovem Leon Schneider.

As questões ambientais e as alterações climáticas passaram a fazer parte do debate nacional, na Alemanha.

O Partido "Os Verdes" tem conseguido capitalizar a questão. Segundo as últimas sondagens, conseguirá obter 20% dos votos dos germânicos no escrutínio europeu, no dia 26 de maio.

O assunto tem feito, também, parte das campanhas dos partidos da extrema-direita, mas de um modo diferente, como explica o professor de ciência política da Universidade de Berlim, Thorsten Faas:

"Os partidos populistas de direita concentram-se em rejeitar a ideia das alterações climáticas. O partido AfD (Alternativa para a Alemanha) está a questionar as mudanças climáticas, em geral. Mas não são apenas os verdes a falar sobre a questão, na verdade, torna-a num assunto ainda maior na campanha eleitoral".

As políticas ambientais são decididas, na sua maioria, ao nível nacional e não tanto ao nível da União Europeia, no entanto, sendo uma questão que envolve o eleitorado, tornou-se num dos principais temas, nestas eleições europeias.

"Não é uma questão que seja obviamente uma questão da União Europeia, mas é uma questão com a qual se pode alcançar e mobilizar o público de uma forma fácil. É por isso que os partidos estão a abordar este assunto", sublinha Faas.

"As eleições europeias deste ano, na Alemanha, são eleições para as alterações climáticas? Bem, os ativistas esperam certamente que assim seja", reporta o jornalista da euronews, Jona Kallgren.