Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"Parasita" de Bong Joon-Ho conquista Palma de Ouro em Cannes

"Parasita" de Bong Joon-Ho conquista Palma de Ouro em Cannes
Direitos de autor
REUTERS/Stephane Mahe
Tamanho do texto Aa Aa

O "Parasita", um drama familiar do realizador sul-coreano Bong Joon-ho, conquistou o prémio máximo da 72a edição do festival de cinema de Cannes. Parasita retrata o drama das desigualdades sociais. "Muito obrigado, Sinto-me muito honrado, sempre me inspirei muito no cinema francês, agradeço a Henri-Georges Clouzot e Claude Chabrol", comentou Bong Joon-ho, primeiro cineasta do seu país a ganhar o prémio supremo em Cannes. .

"Atlantics", uma história assombrosa de fantasma sobre migrantes dirigida pela cineasta franco-senegalesa Mati Diop arrecadou o Grande Prémio (Grand Prix). O filme, baseado na seu pequeno documentário de 2009, foi a primeira longa metragem de Diop.

Emily Beecham recebeu o prémio para melhor intepretação feminina pelo papel em "Little Joe", filme de Jessica Hausner.

Antonio Banderas foi consagrado com o prémio de melhor ator pela intepretação em "dor e gloria" de Pedro Almodóvar. Aos 58 anos, converteu-se no sexto ator espanhol a conseguir o prémio em Cannes.