A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Queremos construir uma Europa à direita"

"Queremos construir uma Europa à direita"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As eleições europeias deram à Liga de Matteo Salvini o título de maior partido italiano.

Uma vitória que o secretário Federal da Liga e atual ministro do Interior quer que faça eco em Bruxelas.

Nas últimas semanas, Salvini multiplicou-se em contactos para a formação de um novo grupo parlamentar. Objetivo: "construir uma Europa à direita".

"A geografia europeia mudou. Falei, troquei mensagens e partilhei perspectivas diferentes com alguns líderes europeus. De Le Pen a Orbán, Nigel Farage e outros. Até novos e futuros aliados. Penso que o grupo que a Liga vai criar terá entre 100 e 150 eurodeputados, "afirmou Salvini em conferência de imprensa.

De populistas a eurocépticos, o líder da Liga quer formar um grupo parlamentar que obrigue a europa a virar à Direita.

Os partidos tradicionais perderam lugar em Estrasburgo. PPE e socialistas já não tem a maioria dos votos. Como terceira força política emergiram os Liberais Democratas, com 107 deputados.