A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Petrolíferas internacionais "devem investir no capital humano angolano"

Petrolíferas internacionais "devem investir no capital humano angolano"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O petróleo continua a ser a maior fonte de riqueza de Angola apesar do esforço agora encetado para diversificar a sua economia.

Na abertura da Conferência de Petróleo e Gás, que decorre em Luanda entre terça e quinta-feira, o presidente João Lourenço recordou aos principais atores mundiais do setor que devem investir no capital humano angolano e lembrou as medidas em curso para acabar com a falta de combustíveis no país.

O chefe de Estado também explicou aos presentes as reformas que estão a ser feitas no setor de forma a facilitar o investimento.

O Angola Oil & Gas 2019 acolhe mais de 1200 participantes e conta com meia centena de expositores com atividade no país.